Conheço pessoas que vieram para o mercado de capitais e ganharam muito dinheiro quando o Brasil estava no ciclo de crescimento econômico de 2003 a 2008. Porque nesta época, com a bolsa em tendência de alta forte, não tinha segredo algum. Bastava comprar praticamente qualquer ação, esperar valorizar e realizar os lucros.

Porém em 2007, aconteceu o que ninguém esperava, o início da crise do subprime que teve seu auge em 2008. Este fato pegou muito trader desprevenido, pois até o momento só tinham a experiência de um mercado “bulish” (alta forte). Por isso não sabiam fazer outra coisa a não ser comprar. Nesta época, muita gente perdeu muito dinheiro com esta mudança e deixou o mercado acionário. Porém, quem estava decidido a continuar, tinha um longo caminho pela frente, os estudos.

Assim como na maioria das profissões, o trader passa por diferentes fases até ser um profissional de sucesso. Para o trader, sucesso é quando se consegue obter lucro de forma consistente em suas operações. Por que eu contei toda essa história? Porque isso nos ensinou uma importante lição. Os mercados mudam ao longo do tempo e passam por diferentes ciclos. Por isso, você só vai ser um trader vencedor quando entender que essas mudanças ocorrem, porque elas ocorrem e o que fazer quando isso acontecer.

Por que é importante conhecer o mercado que estamos operando?

A maioria dos traders que vêm para o mercado, fazem um curso básico e aprendem um sistema de trading (o famoso “setup”). Porém, o que muitos não sabem é que o setup, na grande maioria das vezes, só funciona em determinados tipos de mercado. Como assim? Isso quer dizer que a pessoa pagou muito dinheiro por um “setup”. Mas ele só vai funcionar enquanto o mercado apresentar esses determinados padrões.

Para entender por que o mercado muda, é importante ir mais a fundo. Então, quais as particularidades do ativo que você está operando, quem são os participantes e quais as motivações desses players?

Vou citar o mercado de ações, por exemplo. Quem são os participantes? Como mais relevantes podemos citar: investidores institucionais (como fundos de pensão e investimentos). Investidores estrangeiros (“gringos”). Bancos e corretoras de valores, pessoa física e jurídica não financeira.

Por que é importante conhecer estes participantes? Vamos supor que um fundo de investimentos possui como Benchmark o Ibovespa. Ou seja, o objetivo do fundo é performar igual ou superior ao Ibovespa. Nesse caso, a carteira do fundo vai ser muito próxima à carteira teórica do IBOV. Portanto, caso ocorra uma alteração do índice Ibovespa, o fundo também deve fazer uma alteração em sua carteira.

Neste caso o fundo irá remanejar parte de seu capital de uma ação para outra. Fazendo com que um grande montante de ações seja vendido em uma ação e comprada em outra. Estes movimentos podem demorar dias, dependendo do tamanho do fundo e de sua posição. Isso pode ocorrer também em casos de um resultado ruim de uma empresa em determinado período ou também em um cenário político de instabilidade.

A importância do cenário macro e a política do país

Em época de eleições, é comum vermos alguns movimentos muito fortes em determinados ativos, principalmente câmbio e ações. Isso se deve à expectativa dos participantes em relação ao futuro da economia.

Recentemente, tivemos um rally na bolsa devido ao início das reformas estruturais realizadas pelo governo Temer. Por isso, o IBOV atingiu novos topos históricos com a possibilidade de aprovação de reformas importantes para a saúde fiscal do país. Essas reformas são necessárias para manter a dívida pública em um patamar saudável. Desta forma, o país poderia voltar a ter bons resultados primários e a retomar o crescimento econômico.

Com a recusa pelo Congresso de votar a reforma da previdência, tivemos um novo alerta para a situação econômica do país. Sem esta importante reforma estrutural, o orçamento tende a encolher com o aumento da dívida pública. Deixando cada vez menos recursos para outras áreas como educação, saúde e segurança. Portanto, essa expectativa de piora nas contas levantou novo alerta aos investidores, trazendo receio em investir recursos em um país cada vez mais inseguro economicamente.

Conclusão

O que quero mostrar com tudo isso é que conhecer a particularidade de cada mercado vai ajudar a identificar e justificar determinados movimentos. Isso também é válido para o cenário econômico e a situação política do país. Porque, com esse conhecimento fica cada vez mais fácil identificar oportunidades para atuar em diferentes mercados.

Se você tinha alguma estratégia que parou de funcionar e está interessado em entender o por quê, é importante conhecer mais a fundo o mercado em que está atuando para identificar soluções e até mesmo criar novas estratégias.

Portanto saiba que para se tornar um trader vencedor consistente, é importante sempre buscar novos conhecimentos e se aliar a um time de vencedores que pode ajudar no seu desenvolvimento. Por isso aqui na WM Manhattan, temos uma equipe preparada para auxiliar no seu desenvolvimento e ajudá-lo a atingir resultados expressivos. Para conhecer mais é só acessar aqui.

Pedro S. Pinto

About Pedro S. Pinto

Graduado em Engenharia de Alimentos pela USP. Estudante e investidor do mercado de capitais desde 2016 e operador de futuros pela WM Educacional desde 2017.

Leave a Reply