Uma dúvida constante das pessoas que estão iniciando no mercado financeiro é com relação ao perfil do profissional que atua como trader. Afinal, existe um perfil ideal? Será que eu me encaixo em algum deles?

Antes de responder essas perguntas, é imprescindível que apontemos as diferenças entre trader e investidor.

O que é ser um investidor?

O investidor é aquele que utiliza parte dos seus recursos para investir no mercado financeiro em busca de maior rentabilidade. Normalmente, aloca seus recursos com uma visão de longo prazo. Por isso, não fica tão dependente da volatilidade diária do mercado.

O que é ser um trader?

O trader é o profissional que tira seu sustento das suas operações no mercado financeiro. Há diversos perfis de traders. O que varia de um para o outro são o perfil operacional, as estratégias adotadas e os mercados em que atuam (ações, câmbio, commodities, etc.).

Apesar de ainda não ser uma profissão regulamentada, essa situação deve mudar em breve, tendo em vista ser uma questão que já alimenta grandes discussões.

Antes de discorrermos sobre os perfis de traders, é necessário também falar um pouco das ferramentas que servirão de base para a tomada de decisão no mercado financeiro, seja por investidores ou traders.

Análise fundamentalista

A análise fundamentalista consiste em analisar questões micro e macroeconômicas a fim de precificar um determinado ativo. No caso de ações listadas em bolsa de valores, o analista fundamentalista se debruçará sobre os balanços publicados pela empresa e os transformará em indicadores que nortearão sua tomada de decisões.

Sua análise também será baseada na situação do mercado em que aquela empresa atua, projeções para o longo prazo, bem como informações de mercado, tais como preço do ativo, dividendos pagos, entre outras.

Análise técnica

A análise técnica leva em consideração as movimentações do mercado e os padrões que elas formam. Independentemente da janela temporal da operação, a análise técnica é fundamental. Os gráficos ajudam na identificação de suportes e resistências. São importantes também para a percepção da tendência de oscilação dos preços num determinado momento.

Tape reading

Consiste em analisar como os participantes de um mercado específico estão atuando. Através desta técnica, é possível identificar a montagem ou desmontagem de posição de grandes players e buscar se aproveitar dos movimentos gerados nessa atuação.  O trader tomará suas decisões retirando informações fornecidas pelo livro de ofertas, pelos negócios realizados e registrados no times and trades, bem como se orientando pelas zonas em que houve maior negociação (mostradas pelo volume at price).

Para operações de day trade, é sem dúvida a técnica mais eficiente, visto que é como se fosse jogada uma lupa sobre a dinâmica dos preços, dando insumos para que o trader tome decisões com maior agilidade.

Não há uma técnica mais importante que a outra. Acreditamos que o trader deve utilizar a informação mais adequada para o período em que sua operação estará aberta.

Assim, não adianta eu projetar os fundamentos de uma empresa pra 10 anos, se pretendo realizar uma operação day trade nessas ações, que durará alguns segundos. Da mesma forma, de nada adianta analisar o comportamento do preço nos últimos cinco minutos, se pretendo montar uma posição numa determinada ação visando o longo prazo.

Quanto mais informações úteis o trader tiver acesso para tomar decisões, maior será sua assertividade.

Os diferentes perfis de Traders

Trader de curtíssimo prazo

É o day trader ou scalper. Todas as operações começam e terminam no mesmo dia, às vezes em questão de segundos. O objetivo é obter maiores ganhos nas oscilações do mercado. Apesar da possibilidade de ganhos maiores (em função da alavancagem), os riscos também são grandes, já que o foco é na oscilação do mercado, que, muitas vezes, pode ser imprevisível.

Aquele que pretende atuar como day trader deve desenvolver habilidades psicológicas para conviver com a pressão, tolerar prejuízos e saber lidar com os ganhos. Dado que um day trader costuma fazer várias operações ao longo do dia, essas sensações e emoções serão uma rotina em sua vida profissional.

Traders de curto ou médio prazo

São os traders que operam o chamado swing trade. O período que a operação dura depende do momento do mercado e da estratégia pessoal. Normalmente esses trades variam entre alguns dias e algumas semanas.

Os swing traders fazem menos operações que os day traders. Devido ao fato delas durarem mais tempo que as dos scalpers, a principal ferramenta para tomada de decisão é a análise técnica. Porém, dependendo do período de duração do trade, também não se descarta o uso da análise fundamentalista. A ideia é identificar comportamentos de preço através do gráfico, e buscar oscilações que confiram boas oportunidades de compra ou venda.

Dado que a operação durará um tempo mais longo, é indicado que o trader tenha um perfil mais paciente e analítico. Pessoas com maior nível de ansiedade podem não se adequar muito a esse tipo de situação. É necessário aguardar que os objetivos sejam alcançados a fim de não sacrificar o risco/retorno das operações e isso, por vezes, demandará algum tempo para acontecer.

A escolha, no final das contas, é pessoal!

Cada trader tem sua forma de trabalhar no mercado financeiro, e define qual a melhor estratégia para alocar seus recursos. Para se tornar trader, não é necessária nenhuma formação acadêmica específica. Ter noções de economia e finanças ajuda, mas não é mandatório.

Entretanto, algumas habilidades são comuns aos traders de sucesso, como: dinamismo, equilíbrio emocional e disciplina. Além disso, é fundamental a busca constante por conhecimento e por informações diárias que possam afetar a bolsa de valores.

Independentemente de qual perfil seja o seu, é importante ressaltar que uma forma de investimento não exclui as outras. É, inclusive, muito interessante para sua saúde financeira que você diversifique seus investimentos, alocando uma parte em aplicações de baixo risco e outra em aplicações de maior risco, mas que podem render maior retorno.

Quer começar a investir? Então clique aqui para saber como dar os primeiros passos.

Rafael Mendes

About Rafael Mendes

Formado em direito, com MBA em Gestão de Projetos e certificado pelo Sebrae em Análise e Planejamento Financeiro. Atualmente, é operador de dólar, índices e ações, além de responsável pela geração de conteúdo da WM e por auxiliar na área educacional.

Leave a Reply