Ganhar dinheiro na bolsa de valores é o sonho de muita gente. No entanto, no mercado financeiro, o potencial de ganhos sempre anda de mãos dadas com o potencial de risco. Como aumentar a rentabilidade sem deixar de lado o controle de riscos?

Existem diversas técnicas e ferramentas disponíveis para operar ações na bolsa de valores. Você pode comprar ou vender ações diretamente ou negociar no mercado de opções. Existem o day trade, swing trade e investimentos de longo prazo. Diante desse grande número de possibilidades, o investidor precisa refletir e definir quais ativos e quais janelas operacionais mais se adaptam ao seu perfil e aos seus objetivos.

O que é o mercado de opções?

O mercado de opções pode ser usado tanto para potencializar os ganhos na bolsa, quanto para proteger carteiras de ações. As opções são derivativos que conferem ao titular o direito de comprar (calls) ou vender (puts) um determinado ativo, por um determinado preço (strike) numa data futura (exercício). O valor da opção varia conforme o preço do ativo da qual ela deriva se aproxima ou se afasta do valor de strike.

Quem compra ou vende uma opção tem o direito de exercer a compra ou a venda. Já quem vende a opção tem o dever de exercer a compra ou a venda do ativo principal caso seja solicitado pelo comprador.

Por ser um mercado um pouco mais técnico, sugerimos ao leitor que, antes de ingressar no mercado de opções, procure cursos para se especializar. Em nosso blog temos uma lista de cursos indicados por nossa equipe educacional.

O que é day trade?

São as operações que têm início e fim no mesmo dia. O objetivo é potencializar ganhos nas oscilações do mercado, valendo-se da alavancagem proporcionada pelas corretoras para operações dessa natureza.

Apesar da possibilidade de ganhos maiores, os riscos também são grandes, já que o foco é na oscilação do mercado, que, muitas vezes, pode ser imprevisível. No day trade, é imprescindível que o trader tenha uma estratégia bem definida, e seja disciplinado com seu planejamento financeiro, valendo-se sempre dos stops para estancar prejuízos.

O que é swing trade?

Swing trade é um tipo de operação mais versátil, que pode ser de curto ou médio prazo. O período que a operação dura depende do momento do mercado e da estratégia do trader. Normalmente esses trades variam entre alguns dias e algumas semanas. O mais comum é que elas durem de 1 a 3 semanas.

Esse tipo de operação é, usualmente, baseada em análise gráfica. Procura-se nos gráficos ações com configuração favorável para se aproveitar de movimentos curtos. O ideal, para esse tipo de operação é que haja uma convergência de tendência em tempos gráficos maiores (semanal e diário), e refinar a entrada em gráficos de períodos mais curtos, como o de 60 minutos, por exemplo.

O que são investimentos de longo prazo?

O investimento a longo prazo pode ter duração de meses, anos ou até décadas, dependendo da estratégia e dos objetivos do investidor. Para a tomada de decisão, são levados em consideração dados macroeconômicos, resultados financeiros das empresas, indicadores financeiros, além de perspectivas futuras para o mercado em que a empresa escolhida atua.

O investidor terá de buscar empresas com perspectiva de crescimento no futuro, de preferência com forte geração de caixa. A ideia não é se preocupar com o preço e sim buscar geração de valor. Para esse tipo de investimento, cada movimento de desvalorização do preço das ações é uma oportunidade de aumentar sua exposição nos papéis selecionados. O intuito é formar patrimônio, montar uma posição naquele respectivo ativo e lucrar com movimentos mais longos.

 

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário ter uma conta recheada para começar a operar na bolsa de valores .

Segundo especialistas, com uma quantia a partir de R$10.000,00 é possível começar a investir em ações. No entanto, quanto menor o capital disponível, menores são as oportunidades para diversificar seus investimentos, o que, em tese, aumenta o risco tomado.

Antes de começar a investir todas as suas economias na bolsa de valores , é essencial ter estes três itens indispensáveis no mercado financeiro em mente:

. Disciplina

. Conhecimento

. Estratégia

O objetivo de todos que operam na bolsa de valores é fazer o patrimônio rentabilizar, mas, na medida do possível, é importante também pensar no futuro.

Sendo assim, antes de alocar todo o seu capital em ações, defina qual parcela do seu patrimônio ficará em renda fixa, livre de riscos, e qual parcela será destinada à renda variável. Dentro da parcela destinada à renda variável, também é importante separar qual quantia será alocada em operações de longo prazo (com menor risco) e operações curtas (de maior risco).

Cultivar hábitos como manter disciplina na executar a estratégia de forma apropriada e uma boa gestão de risco, aumentará de forma considerável as chances de obter sucesso neste mercado.

Rafael Mendes

About Rafael Mendes

Formado em direito, com MBA em Gestão de Projetos e certificado pelo Sebrae em Análise e Planejamento Financeiro. Atualmente, é operador de dólar, índices e ações, além de responsável pela geração de conteúdo da WM e por auxiliar na área educacional.

Leave a Reply